musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - MORLOCK (PART. HAIKAISS) - ZRM - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Morlock (part. Haikaiss) letra


Um dia um mano pediu
Qualy tira uma foto?... Tiro claro
Me da um autográfo? Demoro mano
Me da um abraço? Vixi!
No outro dia sabe de tudo o que eu faço
Dando ideia nas mina falando que era meu braço, mas que esculacho... Não pode dar asa a cobra mesmo, né?
Eu virei enfeite, faz skype se passou por Pedro Qualy perfil fake
Tudo isso pra conseguir 2, 3 foto de buceta
O que, que esses malandro não faz pra bater punheta?
Um dia de corpo, um ano de mente
Um dia de parabéns, um ano de infelizmente
Um dia de amor, um ano de rancor
Um dia da caça, o outro do caçador

Conversa de puta, Deus não escuta truta
É só guerreiro verdadeiro que morre na luta
E a sua conduta, tanto um quanto duvidosa
Mas prefiro mudar o rumo dessa prosa
Agora quer saber
Que escada que pulei
Que corrimão desci
Que rampa que eu varei
Tentar entender uma mente que nem eu entendo
Tenta vencer os demônios que eu sempre enfrento
Eu não me contento
Eu não mato a fome com migalha
O que parece muito, pra mim é quase nada
A declarar, explicar da onde eu vim pra que?.
Pra ser julgado eu sei que sempre foi assim
Você não sabe de onde eu vim, não sabe pra onde eu vou
Vila maria, sp jungle também toca o terror
Zero real.
Marginal
Da vila pro mundo
Do hip hop ao caos!

Um dia de corpo, um ano de mente
Um dia de parabéns, um ano de infelizmente
Um dia de amor, um ano de rancor
Um dia da caça, o outro do caçador

Meu passado é sagrado, eu fui!
Além do cenário flui
Uma orgia de egocentrismo
Enfeitada com feng shui
Teatro não contribui
Contato, que o corre flui
Pensa, seja sensato na crença
Dos fatos, na crença na ausência há um fardo, minha ciência sem tato
Convensa o contrário de ter um prato vazio no meu aniversário
Ouvi um compacto, 10 conto em ficha trocado com o lyncoln
E os moleque em pg fazendo um improvisado
Vai vendo a fita
Reacendo a chama, sigo a 130, no fim vi que nem tudo é a mema fita não só considere
Reclamação de ouvinte
Só de maior de vinte
Da geração seguinte, irmão, evite o palpite
É o seguinte, ávido, além do estado inválido
Só se prende falindo, foi o que disse um sábio
Sem bônus, sem ônus, sem tronos, somente o vale do sonhos
Não pago as conta sonhando ou manipulando o que somos

Um dia de corpo, um ano de mente
Um dia de parabéns, um ano de infelizmente
Um dia de amor, um ano de rancor
Um dia da caça, o outro do caçador

Tipo um jodo de xadrez sem reis e mental, xeque-mate é real, ninguém é imortal, nessa era digital
Sem neanderthal
Me julga imoral e diz ser racional
Animal, que caça e mata pra sobreviver
Me diz a diferença minha e dele pra você
Onde tempo é dinheiro, nenhum dos dois tá tendo
Se tenho tanto talento por que to no veneno?
Quanto to com alguns manos
Que estão com outros manos
Que pensam que são meus manos
Mas não estão no plano
Tem decepção, também satisfação
Vamo vive, vivão
Tá ruim, mas tá bom
Perdoai, a bica samuray que quebra a porta e ser tachado moda por um verão pilacão
É o efeito estufa da liberdade de expressão
Vai na fé, se tu quer meu lugar doidão!

Um dia de corpo, um ano de mente
Um dia de parabéns, um ano de infelizmente
Um dia de amor, um ano de rancor
Um dia da caça, o outro do caçador

ZRM - Letras

©2003 - 2018 - musicas.mus.br