musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - SPANK THRU - ZRM - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Spank Thru letra


Plei! Derramei todo o seu drink eu sei
Desculpa aí mas não me diga que eu não avisei
Eu já falei pra ficar bem de canto
Se não guenta o tranco depois vai ficar chorando
Playboy, na rima chego com sangue no zói
No bate cabeça a zuera é com nóis, tá firmão
Igual um prego na areia daquele jeitão
Zero real chega com dois pés no peito tiozão

Tem que entender nosso folclore cuidado onde pisa
Do hip hop ao hardcore mas sem roubar brisa
Sem momento monange e sem massagem
Damassacrew zona norte gangueragem
Pilacagem de rua playboy não vai gostar
E as mina reclama que é chato e nem dá pra dançar
Aah nem vem com essa
A sua ideologia barata não me interessa

Isso me estressa, faz o seguinte
Fica de internet pagando de 4 e 20
Enquanto eu tô no corre de fazer algum dinheiro
Só vejo tititi e blablabla o dia inteiro
Maconheiro pagando de bandido
Mas se ficar devendo na quebrada tá fudido
Faz favor, precisa consultar o seu doutor
E botar na sua cabeça que biqueira não é camelô

Nesse jogo de azar tem que ter sorte
Paga com a vida e de troco vem a morte
Desperta o vicio da jogatina
Roulette spinner, black jack winner
A mensagem que a rua conseguiu passar
E dessa forma tantas vidas conseguiu salvar
Mas na raiz do preconceito musical
Adormecia o seu racismo cultural, é mal

E nem sua van filosofia é capaz de explicar
Que molecada só queria tentar imitar
O ritmo que nos fazia querer se espancar
E a poesia que fazia para pra pensar

Eu não fiz porra nenhuma dedicada a você
Zero real marginal, bota a cara pra bater!
Eu não fiz porra nenhuma dedicada a você
Zero real marginal, bota a cara pra bater!
Eu não fiz porra nenhuma dedicada a você
Zero real marginal, bota a cara pra bater!
Eu não fiz porra nenhuma dedicada a você
Esse som dedicamos a ubc!

Pesadelo do beltrano, distúrbio do fulano
Saudação maloqueragem dois loco no comando
No resgate de origem e o preconceito ignorando
Bate cabeça sem treta pulando e empurrando
Bico em danger, não flagra passa mal fica bolado
Resmungando de canto diz que noís é mó folgado
Dedico essa porra aos loco doido jogado
Não gostou? Rala peito pra não ser pisoteado

Shimmy shimmy yo shimmy ye shimmy ye
A quem desacreditou do caveira do he-man
Noventa pra maloca vale muito mais que cem
Jump around, brooklyn zoo a slam!
Tem lóki achando grossa mas nem tenta se envolver
Nem tenta se envolver quando não é pra você
Colou pra interagir? Volta lá pro morumbi
Antes que eu pegue seu new era e faça logo cê engolir

Pra mim tudo bem, montana no trem
Pf cola, bola não manja o redman
De sessão centrão respeito é pra quem tem
Calibre 12 e a bala é o febem
Como uma peste, devastando vermes
Se a carapuça serve quando verso te persegue
Vai chorar pitanga pro dono da quitanda
Damassa tá na praça e não vai brecar o bamba

Cruzado no ringue voz e beat que desloca
Cacilda, alpiste, lorota... Em falta!
Em vez de pavarotti e tal tenor de ópera
No mic zero real marginal bica na porta

ZRM - Letras

©2003 - 2018 - musicas.mus.br